Crédito hipotecário nos Estados Unidos para estrangeiros: o caminho certo

Vista de Miami Beach em abril de 2016. O estado "saudável" do setor imobiliário comercial deve-se, em grande parte, ao afluxo de compradores estrangeiros que nos últimos anos encontraram em Miami um "porto seguro" para seus investimentos. Joe Raedle Getty Images.
Embora haja alguma lentidão na venda de condomínios em pré-construção e instabilidade econômica global, o setor imobiliário comercial, assim como a venda de casas unifamiliares e aluguel de apartamentos, ainda está ativo em Miami, e com as tarifas de menor desemprego em sua história, conforme destacado em estudo do International Sales Group (ISG), que fornece vendas internacionais e serviços de consultoria para o mercado imobiliário.

Isso se deve, em grande parte, ao afluxo de compradores internacionais que vêem Miami como "um porto seguro" para seus investimentos. Somente no ano passado, a Flórida ficou em primeiro lugar no país em vendas de imóveis para compradores estrangeiros, com venezuelanos na liderança, seguidos por brasileiros, argentinos, colombianos, mexicanos e peruanos.